Jesus!

Enviado em 16 de dezembro de 2016 | | Escrito por Wellington Balbo | Publicado por ffeal
Categorias: Sem categoria

Inicia-se dezembro e o tempo natalino. Décimo terceiro, árvores de natal, o bom velhinho, compras, presentes, amigo secreto, confraternizações… Ufa… Haja disposição para superar dezembro e suas festas. E em meio a tudo isso, um tanto quanto esquecido está o aniversariante: Jesus!

Jesus veio dar-nos presentes da mais alta preciosidade. Como ele mesmo diz, que os ladrões não roubam tampouco as traças corroem. São presentes para a vida toda. Como mensurar o valor deste ensinamento:

– Se alguém te pedir para andar mil passos, caminha dois mil com ele.

Que lição! Que presente! Jesus pede para que façamos algo a mais, que saíamos da mediocridade, do comum, que usemos a criatividade. Esta mensagem é para aquele aluno que passou o ano todo na “flauta” tirando notas apenas para passar. Serve, também, para o profissional “meia boca”, que não busca atualização e faz apenas o que mandam. Vale, ainda, para quem se acomodou. Vamos, cara, levanta, anda, se mexe… estude mais, empenhe-se mais, ame mais, curta mais a vida…

Uma outra preciosidade legada por Jesus que, diga-se, na época não conhecia internet, foi: Quem não tiver pecado que atire a primeira pedra. Trazendo para os dias de hoje, disse Jesus: Ei, pessoal, deixem de falar besteiras sobre vida dos outros. Olhem para suas próprias vidas,  nada de julgar o diferente, nada de apontar o dedo… Vamos olhar para nós primeiro, ok?

O Jesus que eu conheço é um homem para o dia a dia, um mestre do cotidiano.

Perdoar?

Perdoar não apenas sete vezes, mas setenta vezes sete. Perdoar infinitamente a ponto de um dia não mais se ofender com as “bobagens” dos outros.

Quer presente melhor do que este para libertar-nos da mágoa, do rancor, dos lixos emocionais?

Mas, deixei para o final uma das mais atuais. Não se preocupem com o dia de amanhã, pois a cada dia já basta o seu mal… Nada mais apropriado para os dias de hoje, pois vivemos num mundo altamente preocupado, estressado, sem paciência alguma. Ai vem Jesus e diz: Pessoal, relaxem! Tudo, mas absolutamente tudo no final se encaixa. Vamos devagar, um dia de cada vez, trabalhar o hoje, o amanhã ainda não faz parte de nossa vida, ele não chegou. Olha, gente, se fizermos do dia de hoje um bom dia de trabalho, um dia produtivo, um dia em que podemos orgulhar-nos de nós mesmos, certamente o amanhã será, também, um bom dia…

As lições de Jesus extrapolam as religiões, vão além, são caminhos para o homem ser mais feliz neste mundo.

Jesus aniversaria, mas quem ganhou o presente fomos nós…

Que tal, então, usufruir destes presentes?

Deixe seu comentário: